Thursday, October 19, 2006

Como fazer um delicioso e saudável suco de frutas

Por Kátia Cilene

Na semana da alimentação saudável na escola da Giovana (6 anos), a professora pergunta pra classe:

Como é que fazemos um delicioso suco de frutas?

Ela, toda participativa:

-Eu sei... Põe o pó, a água e mistura.

...!
Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Tuesday, October 10, 2006

Cocô explosivo

A Mariana, com uns 5 anos, saiu do toilete toda narrativa.

Veio em minha direção pra me contar como foram seus minutos no banheiro:

- "Nossa tia, eu fiz um cocô tão grande, mas tão grande, que a minha bunda quase explodiu".

Que donzela!!!!!!!!!!!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Thursday, September 28, 2006

Por Kátia Cilene

Mariana (06 anos) chegou em casa toda animada porque tinha feito teatro na escola, dramatizaram a múscia (não sei o nome, eis um trechinho: e o mato cresceu ao redor, ao redor, ao redor...apareceu a bruxa má, muito má, muito má) e contando como tinha sido a escolha dos papéis.

A professora - Fernanda vai ser a princeza, Victor vai ser o príncipe e Mariana vai ser Bruxa.

Mariana ficou chateada, queria ser a princesa, não a bruxa....mas aí a professora continua

-Os outros vão ser o mato que cresceu ao redor!

Aí Mariana chegou em casa feliz - Melhor ser bruxa que ser mato!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Wednesday, September 13, 2006

O ovo cozido da Bia

Por Vovó Lili

A minha irmã Bia era pequenina, uns 4 anos e meu pai comprava ovos de monte: várias bandejas. Um dia ouvimos um crack crack. Quando chegamos à cozinha ela estava quebrando os ovos um por um, sentada na pia.

O que é isso???? - perguntou minha mãe. - O que vc está fazendo???

A Bia respondeu:
_"to poculando um cozido"!!!!!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Friday, July 14, 2006

Polícia Supervisora

Hoje quando fui almoçar na minha mãe, a Anna Julia tava brincando com um "distintivo" que ela desenhou. Qualquer coisa que falássemos, ela dizia: fica quieto, você não está vendo que sou da polícia! Ou então vc estava conversando e ela interrompia mostrando o distintivo. : - Mãos ao alto, POLÍCIA!

Depois ela veio me mostrar o desenho do distintivo e no meio tinha uma bola com uma bolinha menor dentro dela. Eu perguntei o que era a bolinha e ela disse: - É um olho, porque eu sou uma "policia" supervisora!

hahahahahahahahahaahahahahaha

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Saturday, June 10, 2006

Quando a Alessandra (3 anos) pisou no cocô...

Por Madu Miranda

Ela brincando pelo quintal descalça, pisou no cocô do cachoro e quando viu seu pé todo sujo, gritava desesperada de nojo misturado com arrepios de pavor. Fui correndo ver o que se passava, coloquei-a sentada no tanque e comecei a lavar o pé dela com água e sabão tomando cuidado de limpar bem no meio dos dedinhos. O choro se transformou de nojo para tristeza profunda... e quanto mais eu lavava o pé dela, mais ela soluçava. Perguntei porque tanta tristeza e ela respondeu:
- Você tirou todo o cocô do cachorro com suas mãos.... e agora??? como você vai poder me fazer carinho com essas mesmas mãos????

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Thursday, May 25, 2006

A Mari era muito esperta


Um belo dia a Mari estava comigo, andando pelo centro de Maringá. Ela tinha uns 6 anos. Eu estava tentando chegar em um lugar, mas estava irritada, pois aqui em Maringá tinham acabado de proibir de virar à esquerda na maioria das avenidas. Maringá, pra quem não conhece, é uma cidade toda quadradinha, planejada. Aí eu digo pra Mari: Que saco Mari, não posso virar à esquerda.

Ela, toda sabidona respondeu: - É só fazer um quadrado, tia!

O que ela quis dizer era pra eu virar à direita, depois à direita, depois à direita que eu saía na rua que eu queria entrar! Muito bemmmmm Mariana, já pode dirigir em Maringá! rsrs...


Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Sunday, May 21, 2006

Uma historinha linda... do "lolinho" azul...

Por Ana Flávia Cavalli

Bom, não é uma história das crianças prodígio de hoje, mas tudo bem...Tive uma tremenda sorte de nascer com os olhos azuis (herdados do meu pai). Também tive, talvez não tanta sorte assim, de nascer em uma família bastante conhecida na cidade. Então desde que comecei a "dar as caras" na rua, todos que chegavam para ver aquele "pacotinho" no colo da minha mãe diziam: "Que linda... do olhinho azul!". Cresci ouvindo essa frase.

Eis que um dia, com uns 3 anos de idade, estava brincando no jardim e achei uma flor. Colhi a flor e saí correndo para dentro de casa pra mostrar para minha mãe dizendo: "Mãããã... ó que linda... do lolinho azul!". Até hoje fico imaginando como seria uma flor de olho azul... hehe

PS: História contada baseada nos relatos dos meus pais... não lembro de ter feito isso!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Monday, May 08, 2006

Pegada ou "Pezada"?

A Duda (05 anos), no sofá da casa dela, lembrou que tinha feito uma pegada no chão e perguntou pra Grá (mãe dela) por que era pegada e não "pezada".
A mãe ficou sem saber o que falar e disse:
- Ah Duda, é porque Deus quis assim!
- Então porque ele não colocou pezada, oras?!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Thursday, May 04, 2006

Mariana do pé quadrado


Uma vez, quando a Mari tinha uns 04 anos, a mãe dela disse que ela tinha o "pé quadrado". Ela, muito triste com a constatação da mãe respondeu em tom de choro: - Nãooooo eu tenho "pé círculo".

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Inteligência de Juju

A Juju vai ser campeã de histórias pq é a criança mais próxima à mim. Ah não ser que vcs me enviem mais histórias!!! Vamos gente!!!

Eu acabei de mudar e a lindinha foi lá me visitar. Lá chegando disse uma pérola que não se escuta assim, de uma garota de 06 anos de idade: - Nossa Tia, que casa linda, tem até luz elétrica e água encanada!!!

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Tuesday, May 02, 2006

Inocência de Juju

Sexta eu estava na casa da Juju e estava fazendo ela contar pra uma amiga sobre a Fada dos dentes. Toda vez que cai um dente, ela coloca debaixo do travesseiro e a "fada dos dentes" troca por dinheiro. Ela estava contando isso, quando chegou à uma conclusão sobre a existência ou não da fada:

- Ou a Fada dos Dentes existe, ou o seu dente vira dinheiro!

Uma coisa tão obvia, não?

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Thursday, April 27, 2006

A intimidade de Patrick (05 anos)

Por Danielle Pessoa

Patrick é uma criança de 05 anos de idade, que aprende tudo muito rápido. Há tempos atrás ele estava com a mania de ficar baixando o short e mostrando suas "partes íntimas" pra todo mundo; a mãe dele com todo cuidado disse pra ele que era muito feio ficar mostrando a "intimidade" dele pra qualquer pessoa, e sendo ele um garoto muito esperto, obecedeu direitinho. Ontem ele estava muito febril e a mãe levou-o ao pediatra. Tadinho... ele teve que tomar uma injeção de Benzetacil !! Ao chegar a casa da avó, ainda muito desolado ele contou tudinho pra vovózinha querida dele...

"- Vó (com voz de choro), a moça de meu injeção, Vó... doeu muito! Mas o pior Vó, é que eu tive que mostrar a minha "intimidade" pra ela!! ( buááá)!"

É mole?? O negócio das intimidades ficou tão marcado no menino que ele agora só fala nisso:

"Oh mãe, por que a Cláudia Raia usa sutiã? Ela nem tem "intimidade" em cima pra esconder!!"

Pode isso?!


Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Wednesday, April 26, 2006

Conversa Científica com a Juliana (então com 4 anos)


Por Lu Farias - EEEPA

Conversa com a minha filha Juliana, quando ela tinha uns quatro anos de idade. Foi publicada no EEEPA em janeiro de 2004.

- Juliana, você sabe o que é herbívoro?

- Sei, herbívoro é quem come planta.

- E carnívoro?

- Carnívoro é quem como carne.

- E cachorro, é herbívoro ou carnívoro?

- Ué... Cachorro é OSSÍVORO!!!


Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Monday, April 24, 2006

O dia que o Maurício nem dormiu

Contada pelo Rics, escrita por mim

Maurício estava com mais ou menos 6 anos. Foi passar o dia na casa dos avós e na hora de se despedir o vô Juquinha, muito sacana, estava deitado em sua cama de olhos abertos e paralizados de uma forma que só ele conseguia! Só de sacanagem!!! O Maurício cutucava, chamava, fazia cócegas e NADA! O Vô nem se movia, nem piscava, NADA!

O Maurício desistiu foi embora calado e, com muito medo, pediu para dormir com seus pais. Sua mãe estranhou, pois o menino era (e é, hoje está com 13) muito serelepe! Mas tudo bem... No dia seguinte, quando acordou sério, sentou na cama e chamou a mãe para uma conversa: "Mãe, eu preciso te contar uma coisa. Eu acho que o seu pai morreu." Tadiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho!!! rsrs...

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

A linda resposta da Vanessa

Por Madu Miranda

Os adultos da casa estavam discutindo qual seria a maior dor do mundo. As mulheres diziam que era a dor do parto, alguns diziam que era colica de rins, outros diziam que era dor de ouvido e assim por diante. Ouvindo a tudo isso estava a Vanessa, na epoca com 6 anos de idade, muito atenta. Ela deu entao sua opiniao:

"A maior dor do mundo eh a dor do outro, porque doi muito no coracao da gente".

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Sunday, April 23, 2006

Anna Julia (06 anos) e o dia do Indio

Como devem saber, esses dias atrás foi comemorado o dia do índio. A minha irmã (mãe da Juju) foi buscar a filha na escola e disse: hoje é dia de...? A Anna Julia, pronta já respondeu: dia do índio.

Passou um tempinho ela perguntou:
_Mãe, o que a gente faz no dia do índio?
A minha irmã:
_Nada, oras...
Ela então pediu:
_Ah mãe, vamos fazer um churrasco?!

Tinha que ser filha de quem é! hahahahaha

Tem alguma história pra contar? Escreva pra mim! nandabecker@gmail.com

Novo blog na área

Aqui você vai ler histórias engraçadas, bonitas, daquelas que faz vc suspirar! Pq são histórias de crianças. Você pode colaborar, enviando algum fato engraçado sobre seu filho, sobrinho, filho de amigo, enfim... Conte pra mim que eu coloco aqui! mande para: nandabecker@gmail.com
beijãooooo